quinta-feira, 15 de janeiro de 2009

SEJAM BEM VINDOS

INICIATIVA PARA A UNIÃO DAS ASSOCIAÇÕES
Estiveram reunidos em São José dos Campos em 08 de janeiro de 2008 os associados abaixo, representando suas associações, para fortalecer a luta política pela anistia.
Na reunião discutiu-se temas relativos à anistia das ex praças da Força Aérea Brasileira e foram levantadas algumas medidas a serem tomadas.

Dentre as medidas foi dada ênfase na obtenção das assinaturas no formulário de “abaixo Assinados” em circulação, principalmente, na divulgação e obtenção do maior número de assinaturas, no menor prazo possível.

Ajustou-se de conclamar a todos os interessados à efetivamente se engajarem nesta campanha.

Deliberou-se, também, convidar e conclamar outras associações de finalidades idênticas ou assemelhadas à unirem esforços nesta luta, juntamente com as presentes associações.

Comprometeram-se, também orientar os anistiandos com relação aos direitos e possíveis ações judiciais.

Deliberou-se estabelecer um cronograma de reuniões periódicas com a participação dessas associações, bem como de outras que venham a manifestar interesse em participar.

Entenderam como medida necessária a criação de um grupo de estudos para que possam estar mais bem aparelhados no compromisso de orientação de cada associado na conquista da anistia.

As associações que enviaram seus representantes para o encontro foram:

1. AMAESP –Associação dos Militares anistiados do Estado de São Paulo
2. AMFAB – Associação dos Militares da FAB
3. AMAFABRA – Associação de Militares Anistiados e Anistiandos das Forças Armadas do Brasil
4. AVEBASP – Associação dos Veteranos da Base Aérea de São Paulo

Relação dos representantes das associações que fizeram parte do encontro.

1. Ruberval Aprígio de Souza –
2. Ronaldo Luiz Mioni
3. Antonio Carlos Candido da silva
4. Franklin da Silva Bernardes
5. Orlando Vicente
6. Francisco Antonio de Oliveira Neto
7. Osvaldo Rubini
8. Massao Hossoda
9. Otaviano Duarte

Como a união faz a força e quem sabe faz a hora não espera acontecer.
Vem vamos embora que esperar não é saber

Um comentário:

GABRIELLE disse...

PRESTEI SERVICO MILITAR EM 1976 FUI PRESO E ACUSADO DE SUBRVERSSISMO SOFRIR VARIOS TIPOS DE PERSIGUISOES DENTRO DO EXERCITO GOSTARIA SABER OS MEUS DIREITOS